Que linguagem usar nas mídias sociais?

Miga, sua loka! Esse lacre é um hino!
Quê? Não entendeu nada?
Vem com a gente, vamos bater um papo sobre como nos comunicar nas redes sociais?

A linguagem usada nas mídias sociais e na internet como um todo é quase única… Há quem chame de internetês, huebr ou até “xoxo língua”. A verdade é que não existe uma única língua nas midias digitais e não existe um dicionário único, tampouco!

Não estamos falando sobre abreviações, os encurtamentos e estabelecer uma maneira rápida de digitar – que, por acaso, não é exclusividade do nosso português. Isso acontece em todos os outros idiomas e a internet veio pra “lacrar” essa maneira de se comunicar. A pergunta de um milhão de dólares é: a sua empresa precisa ser coloquial para se comunicar? E como você faz essa comunicação?

Linguagem falada e linguagem escrita

Nossa intenção não é dar uma aula de português, já que todo mundo sabe as diferenças entre a linguagem que se fala e a que se escreve. Vamos apenas ilustrar que a natureza do seu negócio interfere diretamente na sua maneira de se comunicar e que isso deve ser levado em consideração quando sua empresa resolver criar conteúdo para as mídias sociais, por exemplo.
Uma fanpage de um médico se comunica diferentemente de um buffet de festas infantis ~diferentão~. Trazer este pensamento para dentro da internet não deveria ser tarefa difícil, mas é!

Tudo em alta velocidade

A internet e com ela as mídias sociais requerem uma maneira rápida de se comunicar. Com a chegada dos smartphones e tablets isso se intensificou ainda mais, já que a maioria das pessoas permanece conectada e plugada o tempo todo, o dia todo, no trânsito, no trabalho, no carro e se fazer entender de que está “disponível” o tempo todo também. Para dar um exemplo disso, você sabia que a vida útil de um post no Facebook é de 5 horas?

Quando sua empresa resolver explorar a internet, considere principalmente o que o seu público fala e como falaSe suas publicações devem chegar á estas pessoas, basta observar de que maneira elas consomem o conteúdo e como interagem com ele. Assim como o exemplo acima, uma fanpage de um médico pode usar os jargões que só os médicos entendem, mas, falar de maneira mais descontraída. Nem tão coloquial, nem tão formal. E aquele buffet de festas infantis também, pode explorar as mídias sem ser tão informal e conseguir atingir o seu público com eficácia.

Os erros virarão piada

Ainda que você pretenda falar de maneira MUITO informal, os erros de gramática virarão piada na internet. Assim, onde tudo acontece na velocidade da luz, o entendimento do que foi escrito também será e por isso não descuide do português. Aqui na Borbolla•baroni, por exemplo, todas as pautas passam por um revisor!

Atendimento

As mídias como um todo podem também ser usadas para atender seu cliente numa espécie de pós e pré venda. Nesse momento também é necessário estabelecer o tom da sua comunicação, se a marca se refere à ela mesma na primeira ou na terceira pessoa. Não caia na armadilha de mostrar-se descolada e ser formal no atendimento. Se uma pessoa agisse de uma forma na frente de todos e quando falasse apenas com você, de outra, não inspiraria muita confiança, não é mesmo?

Comunicação não é só falar, mas, se fazer entender

Seja lá qual for o assunto ou a pauta, escrever para que alguém leia é necessário prever o entendimento do leitor. Aliás, comunicação é isso: quem fala e quem ouve.

Trocando em miúdos

Estudar seu público alvo é pauta de reunião já nos primeiros encontros da sua empresa. Saber para quem vender e por quê é a premissa para que o negócio dê certo. Assim, você que fez este estudo na abertura da empresa naturalmente não vai se sentir intimidado com a linguagem nas mídias sociais e vai saber se sentir em casa. Caso não tenha feito, use a boa e velha ~espionagem~ e observe como o seu público conversa nas mídias sociais e procure falar para ele e com ele. De modo que ele entenda.

#vem pra Borbolla•baroni que a gente te ajuda a desvendar todas as nuances de DNA da sua marca, incluindo o tom de voz 😉

Sem Comentários

Deixe um Comentário: